quarta-feira, agosto 19, 2009

Zumbis


Aproveitando o texto anterior, vou falar sobre essa criatura clássica que é fonte de medo e destruição no mundo (pelo menos nos filmes).

Os Zumbis!

Para explicar melhor o que são os zumbis é necessário fazer uma distição entre algumas espécies.

Existem basicamente 3 tipos de Zumbis. Vou chamá-los de "Zumbi Vodu", "Zumbi Romero" e "Zumbi Infectado".

  • Zumbi Vodu


Nós já comentamos sobre esse tipo de Zumbi no texto sobre a Religião Voodu. Teoricamente foi o primeiro conceito de Zumbi criado. Nesse caso o indivíduo zumbificado é um amaldiçoado.

Como funciona?

Tudo começa quando um sacerdote (Boko ou Bokor) resolve zumbificar um indivíduo. Ele precisa que a pessoa esteja entre a vida e a morte para a magia começar. As técnicas de zumbificação são secretas e envolvem uma série de produtos apenas conhecidos pelos sacerdotes. Acredita-se que, além de variadas ervas, alguns venenos encontrados em peixes sejam usados na fórmula.

Com a maldição feita, o Sacerdote aprisiona a alma do pobre coitado numa garrafa. O cadáver levanta da tumba e vira uma criatura totalmente desprovida de vontade própria obedecendo apenas as vontades de quem o zumbificou.


Esse é o tipo mais inofensivo de zumbi. Como é facilmente controlado, só se torna perigoso se essa for a vontade do sacerdote.

E sabe o que é o pior de tudo? É provavelmente o único tipo de Zumbi verdadeiro. Eles existem mesmo, em especial no Haiti, terra onde a religião Voodu é mais praticada.

Como assim? O cara realmente aprisiona a alma do sujeito?

Na verdade não. Acontece o seguinte:

O sacerdote usa uma droga capaz de induzir um estado de catalepsia no indivíduo. O medicamento é tão potente que clinicamente ele é considerado morto e consequentemente enterrado.

Depois, o sacerdote cava o túmulo e retira o cara de lá. Nesse momento duas coisas podem acontecer. Ou ele fica zumbificado por falta de oxigenação no cérebro, ou o sacerdote continua drogando até que o resultado da lesão cerebral se torne irreversível.

De uma forma ou de outra o Zumbi Vodu se torna um indivíduo abobalhado e praticamente sem vontade própria.


Existem alguns filmes do gênero, mas o melhor de todos sem sombra de dúvida é o "A Maldição dos Mortos Vivos" (1988) de Wes Craven. Ele é baseado na história real de Wade Davis, botânico enviado ao Haiti por uma empresa farmaceutica para descobrir as substancias usadas na zumbificação. A empresa acreditava que descobriria um potente anestésico, o que realmente aconteceu. Ele se chama tetradoxina e pode ser encotrado em alguns peixes e algumas rãs. Wade também escreveu um livro chamado "A serpente e o arco íris" onde relata sua viagem.

Só para você saberem, a primeira foto usada após o subtítulo é de uma zumbi real. Uma mulher chamada Zora que foi alegadamente zumbi por 29 anos.

  • Zumbi Romero
serpent-rainbow.jpg image by ohsotasty

Assim os chamei em homenagem a George Romero, o cineastra responsável pela fixação da mitologia existente na maioria dos filmes. A história criada por Romero foi ampliada por outros diretores e se uniram na mente popular. Então vou fazer um mix para exemplificar melhor.

Os Zumbis Romero são literalmente cadáveres reanimados por compostos químicos. Nessa mitologia, o exército americano criou uma arma química na forma de gás (Alguns chamam de Trioxina) que tem o poder de reanimar células vivas. O real objetivo é motivo de conflitos. Alguns acham que os cientistas queriam criar supersoldados, mas os efeitos colaterais transformaram as cobaias em zumbis. Outros acreditam que a intenção era usar o gás em guerras no território inimigo. Imagine o estrago que ia fazer num campo de batalha! Você mata o inimigo, reanima seu cadáver e manda em direção aos "amigos" dele.

Como a coisa saiu de controle também é motivo de discussão. A maioria acha que a arma nunca foi usada em batalhas reais, mas alguns tambores com a substância acabaram extraviando durante o transporte a vazaram.

O gás liberado acordou os mortos de um cemitério e estes começaram a carnificina.

De alguma forma as pessoas mortas por esses Zumbis Romero também se transformam em criaturas e a coisa se espalha progressivamente.

As características principais são: Andar lento, irracionalidade, fragilidade corpórea e uma fome excessiva visando o canibalismo. Todas as partes do corpo da vítima são apetitosas, mas os Zumbis Romero tem uma preferência por cérebros fresquinhos. Nham!!!

romero6_01

A única forma eficiente de "matar" de vez um Zumbi Romero é causar um dano no cérebro ou decapitar a criatura. Não adianta nem desmembrar, pois ele continua atacando. Queimar também é eficiente mas demora para fazer efeito e acredite, você não vai ter muito tempo para esperar numa situação como essas.

Um Zumbi Romero sozinho é fácil de derrotar, mas eles costumam andar em bando, o que torna a situação um pouco mais difícil.

A maioria das criaturas não apresenta nenhum tipo de racionalidade, mas com o tempo podem desenvolver algum tipo de instinto mais avançado e até coordenar ataques.

Os nomes mais importantes na criação dessa mitologia foram o já citado George Romero, Lucio Fulci, Dan o' Bannon e Tom Savini. Segue abaixo o nome de alguns filmes com os Zumbis Romero:

"A Noite dos Mortos Vivos" (1968), "Madrugada dos Mortos" (1978), O dia dos mortos (1985), Terra dos Mortos (2005), Zumbi 2 (1979), O retorno dos mortos vivos (1985)

  • Zumbi Infectado

Estes estão cada vez mais frequentes nos filmes. Não são exatamente mortos vivos. São seres humanos infectados com algum tipo de virose (Normalmente o vírus da raiva). Essa doença os tira a humanidade e os transforma em seres incapazes de raciocinar. Agem por instinto e a única coisa que se interessam é comer.

Por algum motivo eles só se interessam por carne humana. Animais costumam ser poupados.

exterminio 2

Como são apenas humanos doentes, podem ser mortos por qualquer coisa convencional. Mas a famosa "Bala na cabeça" ainda é a melhor opção por que eles tem uma resistência considerável a dor e tiros em outras partes do corpo pode demorar para paraliza-los de vez.

Outra característica é a velocidade. Diferentes dos Zumbis Romero, os Zumbis Infectados são como animais furiosos. São muito velozes e não param por nada.


A quarentena bem sucedida tem uma chance maior de funcionar contra esse tipo de zumbi pois eventualmente morrerão de fome. No entanto é muito mais difícil conter os Infectados pois são mais fortes e possuem a já citada velocidade.

Existe uma quantidade menor de filmes com os Zumbis infectados, mas parece que essa vai ser a tendencia a partir de agora: Exermínio" , "Extermínio 2", "REC" e sua refilmagem "Quarentena". Os Zumbis da refilmagem de "Madrugada dos Mortos"(2004) também apresentam características semelhantes, mas são uma mistura entre os dois tipos de Zumbis (Romero e Infectados).





O estudo trata da sobrevivencia da humanidade. Mas vou focar agora na sobrevivência individual e dar as dicas de como você pode se manter num cenário desses. Sigam à risca e provavelmente vão durar alguns anos antes de se tornarem comida de zumbi.

"Guia de Sobrevivência a Zumbis - por Claudio Gaspari"

Capítulo 1 - Saiba onde está se metendo!

A primeira coisa a fazer numa infestação zumbi é identificar o tipo de ameaça em que você se encontra. Isso vai ser definitivo para saber que atitude tomar. Sempre observe as notícias nos jornais. A coisa sempre costuma aparecer como "revoltas sem sentido" em diferentes partes da cidade. Isso já pode ser um indício. Se a reporter ainda comentar algo sobre "mordidas"... Levante rápido!

O governo sempre tenta minimizar o acontecido enquanto tenta conter a ameaça zumbi, então se aparecer na TV um representante oficial em entrevista coletiva acalmando a população, fique de orelha em pé. Se for o próprio presidente, é a hora de cair fora!


O próximo passo é descobrir o tipo de zumbi que você está enfrentando. Vamos descartar os Zumbis Vodu, pois esses não são ameaças reais à humanidade. Pode ser à "sua" humanidade, mas é só se manter afastado de sacerdotes Voodus no Haiti.

Então vamos nos ater aos outros dois tipos. Como a principal caracaterística que os difere é a velocidade, veja se eles estão correndo ou andando. Vai ser de fundamental importância descobrir se está lidando com doentes ou mortos vivos.

Uma forma fácil e perigosa de saber isso é se aproximando de um cemitério. Se tiver gente saindo da cova, não tenha dúvidas. É morto-vivo!

Capítulo 2 - Preparação

É sempre importante estar preparado para tudo. Vou dar sugestões de como você deve se portar frente a ameaça Zumbi. Se você é paranóico pode até deixar um Kit pronto para eventualidades.

De qualquer forma algumas coisas são importantes. Suas roupas devem te proteger o máximo possível. Dê preferência a calças jeans, jaquetas de couro e tênis. Luvas também são apropriadas e se possível use algo para proteger seu pescoço. Fica esquisito, mas acredite. Você não vai querer estar na moda dessa vez.

Tenha sempre em casa uma mochila. Vai ser fundamental para carregar o básico. Umas garrafinhas de água, Chocolate (o açúcar é energético), um rádio, pilhas, fones de ouvido, agulha e linha, bandagens, analgésicos, antiinflamatórios e antibióticos, uma faca bem afiada, uma lanterna, uma colher, um garfo e um abridor de latas. É bom levar algo que o identifique. Pode ser importante no futuro, a não ser que você seja um condenado ou fugitivo da polícia.


Não gaste espaço com nada desnecessário. Roupas extras são perda de tempo, dinheiro não vai servir de nada, livros são inúteis e seu notebook só vai servir como peso.


Capítulo 3 - Escolhendo armas


Essa é uma das partes principais do manual. Acredite. Cedo ou tarde você vai ter que enfrentar um ou uma horda de Zumbis!

Você deve estar preparado com dois tipos de armas.

Inicialmente deve manter em sua posse algo como um pé de cabra ou um bastão de baseball. Como vai ser difícil achar um bastão no Brasil, fique com o pé de cabra mesmo. Também não tem um? Pegue então um martelo. Ajuda na hora do aperto. Um facão, uma picareta ou uma espada samurai também são valiosas aquisições, mas cuidado. A maioria das espadas encontradas são decorativas e não possuem corte.


Depois o outro tipo: Uma arma de fogo. Essa deve ser a sua primeira escolha numa batalha, pois pode eliminar a ameaça de longe. Procure as mais fáceis de carregar e encontrar munição. Se conseguir, mantenha mais de uma em sua posse. Tem espaço na mochila, lembram? Metralhadoras podem ser encantadoras, mas são difíceis de manejar e gastam munição rapidamente. Escolha pistolas calibres 38 e 45.

Você não tem uma arma? Vai ter que procurar. Quando a coisa estiver feia não vai ser difícil encontrar um cadáver de um policial. Se alguém não pegou antes, a arma deve estar lá.


Por fim e mais difícil, tente achar uma bomba. Algo como uma granada. Acha-se fácil em locais próximos ao exército. Mas essa arma não é prioridade. Só se estiver à mão. Pode ser muito útil ao enfrentar uma horda de zumbis.

Por fim, não esqueça de decorar o Protocolo Bluehand #142. É o básico do básico.

Use a criatividade:

Nem sempre as armas que você escolheu vão ser suficientes. Então use o terreno ao redor.Uma cadeira pode ser uma arma mortal nas mãos certas, ou pelo menos atrasar o zumbi. Um golpe certeiro com uma pá pode decapitar uma criatura. Uma furadeira penetra fácil no crânio do monstro.

Capítulo 3 - Procurando abrigo

Ok. O mundo está infestado de Zumbis. Para onde devo ir?

Num primeiro momento o mais inteligente é ficar num local onde conheça bem e que te dê possibilidade de uma fuga rápida. Ficar quietinho escondido é a melhor opção. Lembrem que nesse momento inicial todos estão desesperados tentando fugir. A chance de você ser morto por um humano em fuga é a mesma que morrer nas mãos de um zumbi.

Depois do caos inicial, as cidades grandes são a pior escolha. Quando maior o número de moradores, maior o número de zumbis. Além do mais, se o governo resolver usar uma bomba para incinerar os zumbis, as metrópoles serão as primeiras atingidas e você não vai querer virar churrasquinho.

Dê preferência ao campo. Casas isoladas e com boa visão do terreno em volta são a escolha ideal. E existe uma maior chance de possuirem geradores de energia, o que vai ser muit útil quando a energia elétrica acabar de vez. Como o brasileiro não tem o hábito de fazer porão nas casas, temos uma dificuldade a mais. Em compensação nossas casas são de tijolo, o que torna mais difícil das criaturas invadirem. Então tente achar uma com dois andares e fique no superior. Lembre de vedar as janelas com tábuas e trancar as portas.

A casa de campo pelo lago

Nunca acenda fogueiras. Se não atrair os Zumbis, podem atrair desabrigados indesejáveis em busca de ajuda.

Capítulo 4 - Meio de transporte

A maior parte do tempo você vai estar à pé mesmo, mas ter um meio de transporte rápido vai ser essencial. A primeira vista um carro fechado parece ser uma opção excelente, mas serão pouco úteis num ambiente pós apocaliptico. A maioria das estradas estará bloquada por destroços.

cidadedestrudamf8.jpg



A melhor escolha são as motos. Apesar da pouca proteção aparente, elas são mais ágeis e fáceis de desviar de possíveis obstáculos.


Além disso são mais econômicas em relação ao combustível.

Então se você não sabe pilotar uma moto, aprenda rápido!

Capítulo 5 - Endureça seu coração

Essa é a parte mais difícil. Se a coisa chegou num ponto extremo de infestação, essa é a hora de se livrar de sua humanidade.

Esqueça seu passado. Se seus entes queridos não estiverem com você, não vá atras. Eles provavelmente estão mortos numa hora dessas.

Não procure ajudar ninguém. Nos filmes as pessoas até encontram um bom lugar para se proteger, mas cometem o maior erro possível. Usam o coração. Você está lá... Num belo abrigo por meses a fio sem problemas até que aparece uma criancinha batendo na sua porta desesperada.

Quer um conselho? Deixe ela virar patê de zumbi, pois se você abrir a porta, quem vai virar rango de morto vivo é você. Atrás de uma pessoa viva sempre tem uns 10 zumbis. Além do mais, novas pessoas num grupo estável cria desinstabilidade e as coisas ficam imprevisíveis.


Considerações finais:


Depois que a situação inicial de pânico se acalmar e você esteja tentando sobreviver nesse mundo novo, fatalmente vai acabar fazendo passeios de reconhecimento. Conselho...Nunca entre numa casa despreparado. Pode ser morto por um zumbi escondido ou por humanos se escondendo.

Nunca subestime a ameaça zumbi. Um zumbi pode ser fácil de matar, mas esses bichos costumam andar em bando o que torna difícil de segurar.

Provavelmente você não vai passar todo o tempo sozinho. É mais provável que esteja num grupo tentando sobreviver. Isso é complicado. Pessoas diferentes tem opiniões distintas e a coisa pode ficar perigosa. Esteja sempre à frente e não exite em deixar o bando se perceber que eles estão comentendo erros vitais.

Num caso sem saída sempre vale tentar a loucura que fizeram no filme "Todo Mundo Quase Morto". Levante seus braços para a frente, faça cara de enjôo e saia andando cambaleando e gemendo. Os Zumbis podem te confundir com um deles e te deixar em paz!




Por fim a última dica.Mantenha sempre uma bala sobrando. Você pode pode querer usar em sí mesmo num momento de aperto. Afinal, você não vai querer se tornar uma das criaturas, vai?

15 comentários:

Vivi Blood disse...

hahahahahaha...adorei tudo,principalmente o manual, vou correndo preparar a mochila,dize, as más línguas e a bíblia,que chegará um tempo em que mortos se levantarão dos túmulos, pois então, acho que serão os zumbis do sr. Claudio =]

Ah,coloquei na mochila uma machadinha de jardim super afiada, mais fácil que arrumar uma granada "fato"...rsrsrs


parabéns Claudio o/

Bruna disse...

Muito bom! uhahuah
O pior é que eu já fiquei imaginando como eu me protegeria de uma ameaça zumbi! Bom saber que não sou a única! uhahuahuauha

diogo disse...

Vamos ao whinchester e esperamos tudo acabar!!!

Christian Magno disse...

Eita,isso sim e se precaver...


Parabens por cada postagem que voce faz no blog, esta cada vez melhor.

Guizaum disse...

Excelente texto...os manuais são de conhecimento comum mas sempre bom dar uma frisada. Os tipos de zombies também são excelentes, eu particularmente, no cinema prefiro os tipo Romero, mas gosto de todos eles.

Esse esquema do zombie real feito de voodo varia muito com o processo de sepultamento, se tiver uma serimônia e um caixão fechado, "candidato azombie" já estaria morto antes mesmo de chegar a ser enterrado pela falta de oxigenação, mas éo que eu falei, depende do processo.

Que loco isso né mano, dava pra ser algum tipo de condenação na verade, tipo um "trabalhos forçados" hehe.

um abraço

Guizaum disse...

Só mais um, o melhor lugar mesmo prase proteger de um ataque zombie é um mercado, pois tem mantimentos praticamente vitalícios e tem bem menos pontos de acesso que um shopping por exemplo ˆˆ. Melhorando assim a capacidade de fuga e controle, além de ser fácil manter uma frota de carros dentro Rá!

Claudio Gaspari disse...

Na verdade esse é um dos piores lugares para se esconder.

Provavelmente você seria morto por outras pessoas que não querem dividir a comida estocada. Além do mais os filmes mostram que os Zumbis têm uma tendência natural em visitar locais que lhe eram comuns. Então shoppings e mercados são pontos fáceis para se encontrar uma horda.

Wana disse...

Belo texto quando chegar o juiso final eu vo ta pronto vo chamar meus amigos se estiverem vivos e minha familia deixarei num abrigo e eu e meus amigos vamo matar geral
ou s eles tiverem com medo
vo sozinho ae o Meu nome E Henrique wana e a ocnta de 1 parente meu

D!CN!X disse...

Sempre assisto filmes com zumbis ja virou vicio, jogo residente evil so pra matar zumbi este manual foi a coisa certa que encontrei, agora se alguem precisar de granada fala comigo aqui no Rio de Janeiro conseguimos facil facil.

Lucas disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Adorei, mas vcs esqueceram, que normalmente os vírus não resistem ao frio(vide Eu sou a Lenda), o que tem lógica, afinal com o pouco metabolismo, não é de se espantar que o Zumbi congele em lugares frios, portanto, se vc tem a chance, vá para o Alaska de avião, afinal, nenhum dos Zumbis voam.

Lembrando que o novo resident vai ser no Brasil, já seria bom alguns mudarem já para o Alaska, pra sobreviver algum brasileiro, alguém se abilita??
hauahuahuahau

Ð☼ÜG╝a§ disse...

muito bom esse manual de sobrevivencia, eu já pensei muito nisso, é eu sou um vagabundo kkkkkkkkkkkk, mas eu acho q o melhor lugar para viver seria em uma ilha deserta, pois por ser deserta ñ tem ninguem e zumbis ñ nadam e nem navegam

zumbis disse...

po gostei do manual mas eu acho que ficar em terra e suicidio mas quando acontecer isso o melhor lugar e uma embarcaçao pois ficar atracado perto das praias ao dia ir em terra para conseguir alimento combustivel
armas e muniçoes ea noite descanço e silencio nao esqueça de apagar as luzes porq uma hora ou outra eles vao saber que vc esta la i quando chegar a hora vc nao vai querer estar em terra para ver aquele exterminio.

Anônimo disse...

Muito legal... concordo com quase tudo que está escrito no manual. Dêem uma olhada nesse site, ele explica muita coisa acerca do que a gente considera mito, como zumbis, vampiros e lobisomens.
Abraço!

http://www.fvza.org/

Anônimo disse...

eu acho que os humanos vão acabar em uma ameaça zumbi tentando fazer algum remedio...eu sou loco mesmo

Anônimo disse...

Cara eu ja pensei de mais em talz coisas ...e claro ja preparei minha mochila e a do meu namorado ...e se ele.nao tiver aki fodase ... ...mais amei de mkas