sexta-feira, janeiro 13, 2006

Sexta Feira 13!!!


O que vc pensa quando alguém te diz que "Hoje é Sexta feira 13"?

Ta bom, ta bom... Além de pensar em máscara de hockey e facão ensanguentado... O que mais vc pensa?

Em azar! Todo mundo sabe que sexta feira 13 é dia internacional do azar. Dá até medo de sair de casa sem levar pé de coelho e umas folhinhas de arruda. E se ficar em casa corre o risco de um avião perder o controle e acertar seu quarto!

Mas... De onde veio a fama da sexta feira 13?

Existem pelo menos 3 explicações:



A primeira vem da mitologia nórdica e envolve os deuses do vahalla. Houve uma festa com um grande banquete. Foram chamados 12 divindades para o reagge! Loki,que era filho adotivo de Odin ( O chefão) não foi convidado e se irritou profundamente... É que ele era meio chatinho e ninguém suportava o sujeito. Quem conhece as histórias da Marvel sabe bem quem é o cara... Inimigo e irmão de Thor.



Bom... O fato é que, para se vingar, ele armou uma cilada: Enganou um deus cego para que este ferisse acidentalmente o deus solar Baldur, que era o favorito de seu pai. Daí surgiu a idéia de que reunir 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.

A segunda também é nórdica e é associada a deusa Friga. Na verdade foi um embate entre o catolicismo e a cultura local. Para repudiar a mesma, Friga foi "transformada" em uma bruxa que vivia no alto de uma montanha e se reunia todas as sextas com 11 entidades e o demônio para rogar pragas nos humanos. Babaquice da igreja católica... O demônio nem existia na mitologia nórdica como tal.



Mas a igreja católica precisava mais do que negar outras culturas... Ela precisava que elas desaparecessem. Como a superstição já estava enraizada e a igreja católica não tinha como negar, resolveu transformar numa lógica cristã. Surge então a terceira explicação: Eles associaram o número 13 aos integrantes da última ceia e a sexta feira ao dia que Cristo morreu. A partir de então, os cristãos começaram o repúdio à sexta feira 13 com lógica dentro dos seus dogmas.



Muitos fatos históricos acabavam ampliando a idéia de desgraça numa sexta feira 13. Como exemplo podemos citar a declaração de ilegalidade da Ordem dos templários pelo rei FilipeIV fazendo com que fossem presos e mortos em toda a frança.



Como o dia é azarado mesmo, existem formas de combater o mal como o uso de amuletos mágicos de boa sorte.

-O trevo de quatro folhas é um deles. Como é extremamente raro encontrar um, ele foi associado a sorte.



-O crucifixo... Acho que não preciso dizer o por que.



-Pé de coelho... É bem questionável. O coelho tinha 4 e tenho certeza que não escapou da panela!



-Figa... Aquele simbolo com uma mão meio que cruzando os dedos



-Patuá... Ligada ao candomblé, é um saquinho costurado com ervas e conchas dentro ou um conjunto de amuletos



-Ferradura... Utilizada mais em ambientes rurais atrás da porta principal



-ETC,ETC,ETC... Traz boa sorte também


Então é isso... Espero ter ajudado a vocês entenderem o por que de tanta superstição!


PS:Superstição" vem do latim superstitio, que significa "o excesso", ou também "o que resta e sobrevive de épocas passadas".




LEIAM TAMBÉM


Superstição no mundo do automobilismo


Inferno Astral


Superstição no mundo do futebol


Lei de Murphy


Cantigas de ninar malignas

8 comentários:

Mônica (Moniquita) disse...

Muito boa a explicação Cláudio, eu só tinha lido a explicação da Igreja Católica..
Vê como Loki e Judas é tudo perjorativo né? rssssss
Mas é isso..Blog sobrenatural é cultura...

Beijão

Felipe, Wacco!! disse...

Ae Chefe!!

Muito bom isso!! e pra variar tinha q ter um Filipe pra foder msm..rs

Abraços e vamos divulgar a baagaça!!

Anônimo disse...

Há também o fato de 13 ser o número de Hecate, senhora dos Caminhos e do Submundo... já viu, né?

Anônimo disse...

tipo, eu achei dahora e tals mas achei meio toscas as historinhas e tals.............rsrsrs...mas eh dahorinha

Ane Halfen disse...

Muito bom Dr Cráudio, como sempre!

ian disse...

no livro o código da vinci, fala q foi a data do massacre da igreja sobre os templários, onde foram torturados e queimados vivos em locais abertos à público, assim como as "bruxas".

Binho Berriel disse...

Esqueceu de uma explicação cristã também. O dia da páscoa judaica é o dia 15 do mês de Nizan (não sei se é escrito assim, mas td bem) se a páscoa caiu no domingo, dia 15 a morte de cristo foi numa sexta-feira 13

trex disse...

A primeira explicação é totalmente errônea, falta de estudo sobre os deuses nórdicos. Loki era irmão de Odin, não filho. Ele não era odiado, ele era o ''caos necessário'', os nórdicos acreditavam em ordem e caos, loki atrapalhava e ajudava ao mesmo tempo. Ele matou balder ( baldur ) indiretamente, primeiro quando fez com que o deus cego atirasse no balder sendo que a flecha do qual era feita, era feita de um tipo de madeira, o único tipo que não havia jurado não ferir balder. E depois, quando balder morreu, o único jeito de traze-lo de votla das terras dos mortos seria se todos os seres chorassem pela morte dele. Todos o fizeram, menos uma gigante que , na verdade, era loki disfarçado.