sábado, março 22, 2008

Helter Skelter


Um belo dia, quatro jovens rapazes ingleses se encontram. Um deles diz:

- Vamos ser a maior banda de rock da história?

- Vamos! -diz um outro - mas como?

- Cada um toca algum instrumento e eu resolvo o resto...

Então um dos caras, o Paul, foi numa loja de artigos brasileiros e comprou cachaça, farofa e uma vela preta. Depois se dirigiu a um cruzamento na bela cidade de Liverpool e, à meia noite, invocou o demo.

O chifrudo apareceu na forma de uma mulher loira jovem. Após fazer seu pedido, Paul ouviu do Demo:

- Ok, meu baixinho...Vocês serão ricos e famosos e eu só quero em troca algumas coisas. Além do básico, suas almas, um de vocês deve morrer cedo e eu quero uma música especial.

- Valeu Belzebu loira... Eu faço a música...E pode matar o John primeiro. Nunca fui com a cara dele.

E assim foi criado o grupo "Os The Beatles". O sucesso veio de forma retumbante. Os garotos dominaram o mundo, comeram todas as mulheres possíveis, fumaram tudo o que podiam e ganharam mais dinheiro que Edir Macedo.

Mas a dívida estava para ser cobrada. Uma bela noite Paul teve um sonho. Ele estava numa lua de cristal quando o Demo em forma de loira aparece e diz:

- Meu baixinho...É hora de pagar a primeira parte da dívida. Eu quero a música. Na letra eu quero que fale de alguma coisa inocente como um tobogã ou montanha russa...pode deixar que eu faço o resto.

Então Paul acorda e diz: Helter Skelter!

Assim surge a música mais incomum do grupo. Com um estilo diferente, pesado e mórbido para a época, Helter Skelter causou distintas emoções em quem ouvia.

Tudo começa com o nome da música. Helter Skelter tem vários significados, a depender de onde é ouvida. Pode significar uma coisa inocente como um tobogã, uma expressão inglesa como "viagem alucinante" e, nos EUA significa "caos total".

Desde sua gravação é controversa. Dizem que "Os The Beatles" pareciam estar possuídos no estúdio. Num determinado momento o Ringo pegou uma lixeira, tocou fogo, colocou na cabeça como se fosse uma coroa flamejante e ficou correndo de um lado para o outro. O baterista, estava num êxtase tão grande que exagerou nas batidas deixando suas mãos em carne viva. No final da gravação oficial ele grita:

- Eu tenho bolhas nos meus dedos!

Eles deixaram essa frase na música e pode ser ouvida no final. Essa versão possui 4 minutos e meio. No entanto eles gravaram uma versão com 27 minutos que nunca foi lançada. Essa última é considerada o Santo Graal dos "Os The Beatles". Ela realmente existiu...têm registros de sua gravação, mas ninguém nunca encontrou.

Enfim....Aqui encerro a primeira parte da história. Mas acreditem... O objetivo dessa postagem não é falar dos "Os The Beatles" nem da música "Helter Skelter".

Vamos falar agora de outro músico, Charles Milles.

Charles teve uma infância conturbada. Sua mãe era alcoólica e ladra. Após sua prisão, o garoto foi enviado para morar com uma tia altamente religiosa onde foi obrigado a aprender tudo sobre a bíblia. Com o tempo, voltou a morar com a mãe, onde aprendeu a profissão familiar, o roubo.

Charles cresceu, foi preso algumas vezes e aprendeu a tocar guitarra na prisão. Aos poucos ele notou que tinha um dom muito interessante. o dom da palavra. Com sua voz, ora mansa, ora agressiva, ele podia enrolar qualquer um. Então, ao sair da prisão, ele resolve usar esse dom e se estabelece como Guru Hippie.

Um belo dia ele teve um sonho. Uma loira jovem sai de uma nave espacial com um grande X gravado e diz:

- Baixinho...Você não é um hippie drogado qualquer...Você é a própria reencarnação de Jesus Cristo! Preste atenção nos sinais...O apocalipse está chegando!

Gradativamente ele consegue seguidores , os quais chama de "A família", e parte criando seu próprio culto. Lentamente ele acaba conhecendo pessoas importantes e famosas como o grupo musical "The beach boys" com os quais manteve um bom relacionamento por um tempo.

Finalmente Charles adquire seu próprio rancho e monta a base para sua "família". Lá ele pôde cultivar sua erva, fazer suas orgias e divulgar suas idéias. Mas Charles queria mais....Ele queria que sua ideologia alcançasse o mundo. Com sua influencia, acabou gravando um single que não fez sucesso.

Frustrado, Charles não entende o que acontece. Ele é Jesus Cristo, caramba! Por que essa merda não funciona?

É quando ele , sentado na varanda do rancho, ouve no rádio uma música...Helter Skelter!!!

Tudo ficou claro ali! Era o sinal que ele estava esperando! Caos total! Os outros podiam não entender, mas ele sacou tudo! "Os The Beatles " são os quatro cavaleiros do Apocalipse e Helter Skelter é sua profecia!

Nessa noite Charles sonhou novamente. Xux... quer dizer...o Demo apareceu novamente e mostrou a visão do apocalipse. Os negros se revoltariam com os brancos e venceriam uma sangrenta guerra racial mundial. Essa guerra precederia o domínio global da "Família" , que conquistaria o planeta com suas idéias e passariam a governar o mundo.

Charles gastou a maior grana ligando para Londres tentando falar com Paul Mcartney para dizer que já tinha entendido a mensagem. Infelizmente não conseguiu.

Mas o tempo passava e nada dos afro-descendentes começarem a tal guerra. Então Charles percebeu que ninguém faria nada sem um incentivo. Resolveu então, mostrar pra negada o que deviam fazer e iniciou o Helter Skelter!

Primeiro quis comprar briga com a maior gangue negra do país, os "Panteras negras". Meteu bala num suposto membro, um conhecido traficante de drogas e esperou a retaliação.

Como não funcionou, ele resolveu sair matando todo mundo!

Foi uma série de seqüestros, torturas e assassinatos...E nada do helter skelter começar.

Foi quando cometeu seu ato mais violento e famoso. Charles tinha botado na cabeça que o produtor dos Beach Boys tinha roubado uma música. Mandou um grupo da "Família" para a casa dele e ordenou que não sobrasse ninguém. O lance é que o cara já não morava mais la! Quem habitava a casa agora era o diretor de cinema Roman Polanski e sua mulher e atriz Sharon Tate.

A "Família" assassinou a tiros e facadas todo mundo. A atriz, que estava grávida de 8 meses, foi esfaqueada 16 vezes e depois enforcada. Além dela, morreram um casal de ricos empresários e um cabeleireiro famoso ( todos com requintes de crueldade).

A palavra "porco" foi escrita com sangue na porta da casa.

Charles não participou da matança. Apenas ficou em casa esperando a galera voltar. Quando retornaram e relataram o ocorrido, Charles se revoltou... Ele pediu assassinatos com o máximo de crueldade e suas ordens não foram cumpridas. O cara queria mais!

Na noite seguinte ele resolve liderar em pessoa o grupo e mostrar o que ele estava querendo. Invadiu a casa do casal de empresários Leno e Rosemary Labianca. Eles foram esfaqueados diversas vezes e sofreram algumas mutilações.

A palavra WAR (guerra) foi gravada no abdome de Leno e as palavras “Rise” (Nascer) , “Political Pig” (Porco Politico) e "Helter Skelter" foram escritas com sangue pela casa, referências às músicas dos Beatles.

Pronto...A mensagem foi passada! Os negros com certeza seriam considerados culpados por matar aqueles brancos ricos e o Helter Skelter ia começar.

O mundo ia ser dizimado numa guerra racial e , no fim, a "Família" ia ser soberana!

Mas Charles não contava com um detalhe... Houve uma batida no Rancho e eles foram presos por outros crimes menores como incêndio e furto de veículos mas o promotor que investigava os assassinatos começa a juntar as peças e conclui que eles são os responsáveis pelos crimes.

O julgamento de Charles foi uma festa! Vários membros da família (que não estavam envolvidos em crimes) fizeram passeatas na frente do tribunal, divulgação na mídia, depoimento de famosos, tentativas de assassinatos de testemunhas com hamburgueres de LSD! Uma maravilha!

Ele declarou abertamente seu propósito e ódio profundo pela humanidade, chamando os membros de sua família de rejeitados pela sociedade. A promotoria se referiu a Charles como "o homem mais malígno e satânico que já caminhou na face da Terra"

A "família" tentou livrar a cara do seu líder, alegando que ele nunca matou ninguém. Charles apenas acompanhou e nunca sujou as mãos propriamente falando. Mas ele foi condenado junto com os outros por ser o mandante e todos pegaram pena de morte.

Mas o demo não queria que seu pupilo morresse ainda. Houve uma alteração nas leis da Califórnia e a pena de morte foi banida. A "família" foi condenada a prisão perpétua.

Salvando momentaneamente a vida do seu protegido, o Demo teve outra idéia. Deixou ele tocando o terror na cadeia e resolveu continuar com a transmissão de sua palavra demoníaca através de mensagens subliminares. Se travestiu de Loira jovem e se colocou como apresentadora de um programa infantil no Brasil. O Demo muda a tática e , ao invés de influenciar os adultos, ele entra na mente das crianças dominando suas vontades.

E por enquanto a situação está assim:

O Demo divulga sua palavra no Brasil enquanto espera Charles sair da cadeia para montar uma banda com os Beatles restantes ( Sim...o John Lennon já morreu conforme previsto no pacto inicial) e começar o Helter Skelter.

Ah...Quase esqueço de dizer! Charles Milles recebeu o sobrenome do pai adotivo ainda na infância e passou a se chamar Charles Manson!

E assim segue a história do pacto entre "Os The Beatles" , Charles Manson e o Demo... E o Helter Skelter ainda é possível!


Curiosidades:

Hoje Charles Manson tem 73 anos e continua o mesmo cara de sempre na prisão. no ano passado (2007) ele teve mais uma vez negada a liberdade condicional;

Enquanto estava sendo julgado por assassinato, um de seus seguidores, Lynette Fromme, protestou gravando um "X" em sua testa nas escadarias do palácio da justiça;

Existem vários documentários e filmes sobre a vida de Charles Manson, além de vários filmes sobre assassinos em série baseados na sua obra;

John Lennon deu um depoimento falando: Eu não seio o que pensei quando aconteceu. Eu só pensei, e vi que muitas coisas que ele diz são verdade, que ele é um filho do sistema, feito por nós, e que apenas acolheu seus filhos quando ninguém mais o faria. É o que ele fez. É claro que ele é um maluco!"

14 comentários:

Ana Carolina disse...

\o/

Bruna disse...

muito louco :O
Dai surgiu o Marilyn Manson?

Juliana disse...

Sim,Bruna.Marilyn Monroe+Charles Manson.=)
Ficou muito bom,tio Claudio,tem muita coisa que eu não sabia!

\o/[2]

Ps:Porque o George estava tocando bateria?Não era o Ringo,o baterista?

Claudio Gaspari disse...

Er...Era o Ringo mesmo...vou consertar!

Juliana disse...

Tudo bem,essas coisas acontecem

Simone Arakaki disse...

Ficou muito bom. Eu já conhecia a história...

Podia ter uma foto do Charles Manson... ele realmente parecia possuido!!!


Aliás... tem muita estória cabeluda relacionadas "Os The Beatles", não é!?

Helter Skelter, a morte do Paul...

Parabéns, seu Cráudio!

Bruna disse...

Brigada Juu! ;)

Renan disse...

Muito bom hahaha.
mas fiquei com preguiça de ler o texto todo.
bem criativo, parabéns.

lucas disse...

carããã
isso é meio psicodélico
(as parte da xux... digo demo falar com os tiozinhos)
mas massa o txt

h²enrique disse...

Muito boa a lenda... só foi difícil suportar "Os The Beatles" ><
O final com a Xuxa também foi uma viajada legal, mas a história desse Charles Manson foi beeeem macabra. Eu ia imaginando a história como se houvesse uma filmagem de filmes dos anos 70.
E o cara que matou o John Lennon, quem é? Eu não sei o nome, até achava que era esse Charles Manson quem ia matar ele e tal...

Jin disse...

Interessante.

Deveras interessante.

Paulo disse...

Esse blog é do demonio! mas ta nos favoritos!

Punkiee - é tudo tão (im)previsível. disse...

pow d ahora o blog mais voce tem q postar mais

Laurinha disse...

adorei Claudio!

Muito muito bom o texto!