sábado, julho 25, 2009

James Randi


Falar em sobrenatural e não citar o nome de James Randi deveria ser um crime. Se tem alguém que contribuiu ( e muito!) na área foi esse velhinho. Amado pelo público e odiado pelos charlatões, James Randi é o maior "Desmascarador de fraudes psíquicas" do mundo. Talvez vocês se lembrem dele. Ficou muito famoso no Brasil a alguns anos devido a um concurso mundial que fez oferecendo 1 milhão de dólares a quem provasse ter poderes psiquicos reais.

Vamos saber um pouco mais de sua história?

Randi era o mais velho de 3 irmãos. Seu interesse pela mágica se deu logo na infância. Após sofrer um acidente de bicicleta que o deixou 13 meses imobilizado e quase paralítico, James passou o tempo lendo livros de mágicas simples e aprendendo tudo o que podia. Os médicos diziam que ele nunca mais voltaria a andar, mas o garoto conseguiu se recuperar.

Com o tempo, o que era amadorismo, virou profissão. No início ele usava seu nome verdadeiro, Randall Zwinge. Os truques que mais usava nos palcos envolviam fuga de celas ou cofres. Sua fama aumentou com uma aparição ao vivo na TV em 1956. No programa ele foi trancafiado num caixão de metal e jogado dentro de uma piscina. Levou 104 minutos para sair de lá.

Depois ganhou um progama no rádio ( Não consigo imaginar fazer mágica via rádio...Mas tudo bem!) já com o nome de trabalho que o deixou famoso. James Randi. Imaginem como devia ser legal:

"Imaginem que eu estou com uma cartola vazia...Agora imaginem que eu coloco a mão dentro e"Abracadabra"...Imaginem agora que eu tirei um coelho de dentro!!! Aplausos por favor!"

James fez diversas aparições na TV e ganhou o mundo.

No entanto tinha uma coisa que sempre intrigou James Randi. Obviamente todas as suas mágicas eram apenas truques e ilusionismo. Mas...E se houvesse alguém no mundo com poderes reais? Essa acabou sendo sua obsessão.

James aproveitou suas turnês mundiais e rodou o globo em busca de uma força psiquica real. Investigou todos os mágicos mais famosos por onde passava, mas nenhum parecia ter tal poder.

Então, aos 60 anos, ele se aposenta da vida de mágico e passa a se dedicar exclusivamente à carreira de "Investigador paranormal". Foi quando os "paranormais" do mundo começaram a ficar desesperados.

O objetivo de Randi nunca foi dar descrédito aos mágicos profissionais que querem apenas divertir o público. O que ele queria era desmascarar charlatões que se aproveitavam da inocência das pessoas para extorquir dinheiro criando seitas ou prometendo curas milagrosas através do uso de truques de ilusionismo.

Seu principal desafeto foi Uri Geller. Este é um ilusionista famoso que se gaba de ter poderes psiquicos reais. Ele clamava que seus "poderes" foram dados por extraterrestres! Acho que ele viu E.T. demais!

James Randi se irritava com isso e passou a desmascará-lo de todas as formas. Primeiro James duplicou todos os seus truques e expôs como funcionavam. Depois escreveu um livro chamado "A verdade sobre Uri Geller" explicando toda a farsa. Existem vários vídeos na internet de Randi explicando como os truques são feitos. Esse abaixo é interessante. Ele mostra como truques de entortar uma chave ou colher são feitos. No final podemos ver um programa de auditório estilo"Jô Soares" onde o apresentador Johnny Carson, já sabendo como os truques funcionavam pela ajuda de Randi, troca os instrumentos de trabalho de Uri Geller e o deixa desconfortável por não conseguir realizar os truques.


Mas a mais divertida "desmascaração" foi a do "psíquico" James Hydrick. Ele costumava dizer que possuia poderes que o permitiam mover objetos com a mente. Ele movia canetas sobre uma mesa, fazia livros virarem as páginas sozinhos... James Randi descobriu que o truque era o uso do sopro. O cara estava apenas jogando um bafo nos troços e fazendo eles se moverem! A forma que ele usou para desmascarar foi perfeita e em pleno programa de TV. O vídeo é em duas partes, mas a mais interessante é a última. Vejam abaixo a cara de "Que merda que eu fiz" de Hydrick:


Outro desmascarado foi o Pastor Peter Popoff. O safado ganhava dinheiro vendendo curas milagrosas num programa de TV (qualquer semelhança não é mera coincidência). Era lindo! Ele corria por um palco cheio de gente e "Deus" o dizia o nome da pessoa, onde morava e que doença tinha. Depois tocava sua cabeça e "curava". James Randi sacou logo e demonstrou como era o truque. O safado usava um ponto eletrônico no ouvido e sua mulher colhia informações dos espectadores passando para ele. James usou um receptor de rádio e captou a conversa. É hilário! O cara sumiu por uns tempos, mas acabou voltando com força total e ainda rouba dinheiro dos idiotas.


No Brasil o "curandeiro" João de Deus foi alvo das críticas de James Randi. James tem um ódio mortal dos curandeiros. Ele explica que a maioria das "curas" é apenas efeito placebo (Uma capacidade do organismo em potencializar suas defesas através da crença) muitas vezes momentâneo. Segundo Randi:

"Nunca vi uma cirurgia espiritual que me impressionasse, que me estimulasse a imaginação. Por exemplo, os tais cirurgiões espíritas tiram coisas de dentro do corpo, tumores. Mas não é nada. Geralmente, é fígado de frango”

E a cirurgia? Vejam abaixo:



Para terminar sua pesquisa em busca de poderes psíquicos reais James Randi fez um concurso chamado "O desafio paranormal de um milhão de dólares". O dinheiro seria dado para qualquer um que provasse possuir tal poderes. Os testes seriam feitos em condições acordados entre ambas as partes. Na verdade Randi já oferecera antes dinheiro para quem provasse algo, mas a quantia era pequena. Coisa de mil dólares. Mas como ninguém conseguia provar nada, em 6 de março de 1998 ele anunciou o tal grande desafio do milhão, na esperança que os grandes farsantes se arriscassem.

Alguns menos famosos tentaram mas não passaram nem dos testes preliminares. Na verdade até hoje ninguém passou das preliminares! Depois Randi passou a atacar os grandes fazendo desafios em público. Uma delas foi a medium Sylvia Browne. Ela é famosa nos EUA e tem até a própria seita. Ela aceitou o desafio de Randi no programa de Larry King. Depois começou a dar desculpas esfarrapadas e fugiu do desafio. Outra medium desafiada no mesmo ano foi Rosemary Altea, que também recusou o teste.

Um caso curioso foi de um padre canadense que alegava fazer um óleo bento escorrer dos dedos. Randi descobriu um tubinho escondido na manga da batina. O cara acabou se desculpando: "Eu também sou humano, Sr. Randi! não fiz com má intenção."

Também teve um caso, não envolvido no concurso, de um padre desmascarado por Randi. Ele alegava que a imagem de uma santa chorava lágrimas reais. Randi descobriu que o safado usava uma pistolinha dágua para molhar a santa e enganar os fiéis.

Um famoso "paranormal" brasileiro também aceitou o teste. Seu nome, Thomas Green Morton. Ele ficou famoso como o homem do "Rá", grito que costuma dar no momento crucial dos seus truques. Costuma usar truques batidos como os de entortar colheres atrair objetos com imãs para que pareça que seu corpo está energizado. Uma cópia descarada do Uri Geller. Thomas é um falador. Apareceu no programa global "Fantástico" aceitando o desafio, mas nunca tentou. Falou um bocado, mas fugiu. Fugiu por que não é bobo e sabia que seria desmascarado. Aliás, o mesmo programa acabou fazendo isso, mostrando como funcionavam seus truques. Seus seguidores, a grande maioria de pessoas famosas , cairam fora quando descobriram.

Enfim, a data para o término do desafio está acabando. 6 de março de 2010 é o prazo final. Nesta data o desafio completará mais de 10 anos, tempo mais do que suficiente para que alguém com poderes reais retirasse o prêmio.

Randi quer provar ao mundo que não existem pessoas com poderes paranormais, mas essa é uma batalha que ele vai perder. Segundo ele mesmo:

"Às vezes penso que minha batalha é impossível de ser vencida, porque muita gente acredita que esses paranormais são verdadeiros. E quando eu os desmascaro, sempre tem uma desculpa."

Vou usar meus poderes paranormais e fazer uma previsão do futuro!

"Até a data em questão não haverá nenhum ganhador. Após a data vários charlatões questionarão e dirão que se tivessem mais tempo, participariam. Outros dirão que o dinheiro nunca existiu, por isso não participaram."

Pronto...Será que se eu acertar, Randi me dá a grana?


Curiosidades:

Um dia , em uma apresentação onde James Randi mostrava ao público mágicas que similavam os entortamentos de colheres de Uri Geller, um professor exaltado começou a acusá-lo de charlatão. "Mas é isso que eu sou"-disse James- "Tudo o que fiz na vida são apenas truques". Então o professor explicou. "Não é isso. Você é uma fraude porque usa poderes psíquicos reais e tenta fazer com que sejam apenas truques!".

James Randi também era astrônomo amador e tinha bons contatos. Um de seus amigos era o famoso Carl Sagan. Em 1981 um asteróide foi batizado com seu nome."3163 Randi" "

James Randi sempre foi contra o preconceito racial. Em seus contratos ele proibia estritamente que houvesse segregação racial na venda de ingressos ou localização do público, coisa comum na época. Ele chegou a abandonar o palco uma vez por notar que os espectadores negros estavam todos localizados no fundo do teatro.

4 comentários:

daniel disse...

Muito bom!

Piero disse...

Cara vc é mto bom. vc nunca pensou em fazer um livro não ? sério.. mtas pessoas interessam por esse tipo de assunto. venderia mto :D

Christian Magno disse...

Eu consigo fazer agua virar vinho,e so me dar um cacho de uvas.hehe

Otima materia cada dia melhor.

Ricardo Arthur disse...

Este Homem Acha que esta fazendo um grande trabalho e na verdade ele esta sim pois tem muito charlatão por ai, Mais ele esquece que antes de se apresentar ele tem que dizer se ele acredita em Deus e em seu filho Jesus Cristo, pois quero que este homem me responda sobre os fenômenos que Jesus fez e seus discípulos fizeram alguns também, e Jesus afirma que se a nossa fé fosse do tamanho de um grão de mostarda, moveríamos montanhas. mais fico muito satisfeito por existir homens como este que tem o interesse em pesquisar pois tudo que o homem descobre tanto bem como aparentemente mal, foi criado por Deus e isso e Glorificar a Deus em saber e reconhecer tudo que ele faz tanto na terra quanto no céu.