quarta-feira, julho 26, 2006

O suicida nas religiões!


A inspiração para fazer este texto veio de um suicídio de uma garota relativamente conhecida na cidade em que moro que cometeu tal ato.
Sempre que algo assim acontece, muito se comenta e pouco se faz. Na verdade não há muito que se fazer. Independente dos motivos que a levaram a isso, sempre questionamos se foi um ato de covardia ou coragem. Tenho para mim que o suicídio é um misto de ambos.

É covardia de enfrentar os problemas conhecidos e coragem de enfrentar os novos problemas que virão.

Se é que virão.

Essa ambigüidade nos leva a outra dupla. O ceticismo e a religiosidade.

O suicida deveria obrigatoriamente ser cético. Se um suicida fosse religioso dificilmente se mataria, pois acreditaria que o pior ainda está por vir.

Então o se o cético tiver razão...Ele se deu bem. Depois da morte não existe mais nada. Acabou. Finito. Inexistência de alma e conseqüentemente de obrigações futuras no desenvolvimento da mesma.

O problema é que, por mais que se acredite em uma coisa, sempre vai ser crença. Ninguém tem provas do “depois”.

Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa: A visão de algumas religiões a respeito do suicídio.

  • Religiões cristãs e judaísmo:

Essas duas religiões condenam totalmente o suicida e é crime espiritual sem salvação.

No judaísmo o suicídio é um crime dirigido a Deus por que este ato faz com que o homem se declare senhor de sua própria vida. O suicida não é nem enterrado de acordo com ritual utilizado normalmente ("Kaddish") e é enterrado longe dos demais.

No cristianismo a alma do suicida vai direto para o inferno sem escalas e fica a disposição do Diabão

  • Budismo:

Sem entrar muito na descrição da religião (deixo para outra oportunidade), digamos que não existe um Deus ou deuses no budismo. O que vale é a iluminação espiritual de cada indivíduo. Buda não foi um deus e sim um humano que atingiu a máxima iluminação. Mesmo não havendo um ser supremo, a alma humana é muito valorizada. Então vamos para o suicida.

No budismo o que vale é o motivo do suicídio. Se foi um motivo honrado e a pessoa partiu sem mágoas ou ressentimentos, seu espírito está tranqüilo e poderá ir para a anrakukoku (Terra Pura...onde os budistas esperam ir depois da morte)

Já que uma morte com honra é válida, os budistas ficaram conhecidos na história das guerras por seus atos.

Os suicidas vietnamitas e os Kamikazes japoneses durante as guerras e a cerimônia do seppuku ( cerimônia suicida) dos samurais foram consideradas mortes honradas e sem penalidades para a alma dos indivíduos.


  • Candomblé:

Antes de falar do destino do suicida, precisamos conhecer um pouco de Exu.
O Exu é um Orixá (semelhante a um Deus) do candomblé. Ele é guardião entre os mundos material e espiritual. É o único orixá que poder caminhar entre esses mundos e, por isso mesmo, acaba sendo um mensageiro, levando os pedidos dos homens para outros orixás.
Suas cores são o vermelho e o preto e seu elemento é o fogo. Como o candomblé é muito parecido com a religião voodu (explanado no texto anterior do blag) também não existe uma separação efetiva do bem e do mal. O Exu lembra um pouco o Barão Samedi. Ele é que faz o trabalho sujo. Suas características acabaram o aproximando no sincretismo religioso com o diabo (erroneamente... é claro).

Então vamos para o Suicida... Após a morte, o suicida se reúne a outros mortos no séqüito de Exu. Assassinados, suicidas e pessoas que não foram muito boas em vida acabam no mesmo barco. Obrigatoriamente ficam unidos ao Exu por sete anos, vagando pelo mundo e ajudando em suas ações.

  • Islamismo:

Em tempos de terrorismo crescente no mundo o islamismo acabou ficando com uma marca negativa devido a atos isolados justamente de suicidas.

O Islamismo puro não é a favor do suicídio e o condena.

O problema é que existem as “brechas na lei”. Só dando um exemplo de outra religião sobre essas “brechas”, o catolicismo deixa bem claro em seus mandamentos o “não matarás”. Mas durante as cruzadas os soldados matavam, estupravam, roubavam e torturavam...Estavam, porém cobertos espiritualmente por uma Bula Papal que os absolvia por antecipação de todos os pecados cometidos durante a missão da igreja!

Voltando ao islamismo, o líder religioso tem o poder de absolver previamente os pecados cometidos pelos fiéis em função da religião. Numa guerra santa, se o suicida comete tal ato para matar infiéis, ele provavelmente será recompensado na outra vida. Mas o suicídio cometido como fuga de problemas mundanos é altamente condenado e o suicida provavelmente queimará durante a eternidade no mármore do inferno.

  • Espiritismo:

Para o espírita não existe necessariamente Céu e inferno. O que vale é a evolução da alma durante as diversas encarnações. Quando um indivíduo se mata, interrompe seu processo de evolução...Afinal, os problemas terrenos existem para que, ao enfrentá-los, o indivíduo se desenvolva.

“O suicida é qual o prisioneiro que se evade da prisão, antes de cumprida a pena; quando preso de novo, é mais severamente tratado.”

Para o espírita, a alma do suicida não está condenada eternamente...Sua alma, no entanto, tem sua evolução comprometida por um tempo indefinido.

Uma alma que desencarna antes da hora fica perdida em sua própria consciência e precisa de muita ajuda para retornar ao caminho da evolução.

  • Seitas diversas com suicídio coletivo:

Em 73 D.C., comandados por Eleazar Ben Yair, cerca de 960 zelotes judeus - homens, mulheres, inclusive crianças e anciãos - se mataram dentro de uma fortaleza construída no alto de uma rocha chamada Massada, região de Israel, para que o grupo revolucionário não fosse capturado pelo exército romano, ficando vivas somente duas mulheres e cinco crianças para contar a história.

Em 18 de novembro de 1978 , em Jonestow, uma aldeia no meio da selva da Guiana, mais de 900 pessoas morreram ao ingerir uma mistura de suco de laranja com cianureto. Os que se recusaram a beber o veneno foram assassinados. Este suicídio associado ao fanatismo religioso foi obra do pastor americano Jim Jones e sua seita, o Templo do Povo. O cadáver de Jim Jones foi encontrado ao pé de sua cadeira com um bala no crânio. A autópsia mostrou que não bebera o veneno. Foram contadas 275 crianças e 12 bebês entre os mortos.

Em setembro de 1985, nas Filipinas, a sacerdotisa suprema Mangay Anon Butaog matou seus fiéis com formicida para que todos vissem "a imagem de Deus".

Em 29 de agosto de 1987, na cidade de Yongin, Coréia do Sul, a sul-coreana Park Soon Ja, conhecida como "mãe benevolente", realizou um ritual macabro onde morreram 28 mulheres e quatro homens.

Em abril de 1993, em Waco, Texas, sudoeste dos EUA, um incêndio provocado pelos fiéis da seita Ramo Davidiano (dissidentes da Igreja Adventista do Sétimo Dia, separados dela desde 1934) destruiu o Rancho do Apocalipse, sede do culto liderado por Vernon Howell, que se intitulava a reencarnação de Cristo. Morreram mais de 80 pessoas, inclusive crianças, escapando nove fiéis vivos.

Em 1995, os seguidores da seita Ordem do Templo Solar morreram em um ritual de assassinato consentido seguido de suicídios.




Chegamos ao fim de mais um texto do nosso “Blag”. Peço perdão antecipadamente se escrevi algo errado a respeito das religiões e peço que me corrijam pois não tenho tanto conhecimento e pesquisei na Internet ( viva o google!!!)

Independente de questões religiosas...Pensamentos suicidas são muito comuns na mente das pessoas.É difícil encontrar alguém que diga que nunca pensou na possibilidade. É inclusive freqüente na adolescência devido a gama de emoções e paixões vividas nesta fase.
Mas acreditem quando eu digo...Não existe problema sem solução nem sentimento que não passe. Tudo é uma questão de dar tempo ao tempo. Quantas vezes na vida enfrentamos situações chatas na vida e , depois de alguns meses, até rimos daquilo? Lembra aquela vez no colégio que você até chorou por causa de uma prova pois tinha medo de tirar nota baixa? Não ficou para trás?
Todos Durante a vida enfrentam problemas sérios. Alguns familiares, outros financeiros, emocionais...aquela garota não gosta de mim...ohhhh vou me matar!!!!

Gente...enfrentem tudo com cabeça erguida e saiam por cima das situações.

Ame você mesmo acima de tudo!

30 comentários:

Monicats disse...

Poxa...eu sou contra o suícidio, até porque eu sou Espírita, mas nem é tanto pela religião não... O fato é que já pensei várias vezes em desistir de tudo na vida..mas vejo que não adianta fugir dos problemas, pois eles virão redobrados na próxima vez...
Mas enfim, muito boa essa explicação sobre o suícidio visto por cada religião..

;)

L'Abstrait disse...

Como minha vida não me pertence mais, não posso mais considerar essa hipótese. =\



Bom texto.

Gisele, a maquiavélica disse...

Muito bom, chefinho, adorei o texto, esclarece muita coisa, gosto de saber sobre o ponto de vista das religiões!!!

Anônimo disse...

Não somente por uma arma na cabeça ou tomar veneno são atos de suicídio, fumar, beber, sexo sem proteção...são formas "banais" de se matar...e é "tão condenado" quando as mortes mais rápidas...

Sim sim aborrecência!!!!já tentei me matar aos 13 anos tomando genérico de dipirona de 1 real :D...pelo visto não obtive sucesso rsrs

Perfeito o blag!!!Como sempre!

Abraços
Cintia Bernardelle

Henrique disse...

Como sempre...muito interessante...

Achei ótima a colocação de que depois que os problemas acabam nós até acabamos rindo deles...

Também achei boa a esplicação do suicídio visto por cada religião...

Enfim...o Blag está cada vez melhor!!!

/)

Claudio Gaspari disse...

Um comentário a respeito do budismo:

Falei do destino da alma do suicida honrado mas não do suicida sem honra.Não achei nada sobre isso mas depois de ver tanto filme de terror oriental, acredito que sua alma fique presa no dia em que morreu e vire uma sequência quase eterna de suicidios...Até que alguém ou alguma coisa quebre o ciclo.

andreia disse...

parece que esse texto foi escrito pra mim :(


ja tomei soniferos...provoquei vomito ate nao der mais...cortei os pulsos...e to aqui...

GAAHH!! adolescencia...pena que sou a menina mais madura da minha sala...

eu sou uma idiota ¬¬

Anônimo disse...

Sou contra o suicídio.
É a forma mais ridícula de fugir dos problemas e a forma mais tola de jogar a vida fora.
Sou a favor da ultima frase: "Ame a si mesmo acima de tudo!"

Nem é preciso religião pra se pensar em suicídio. Qualquer pessoa consegue pensar se concorda ou não.
Né! xD

Anônimo disse...

Meu terapeuta me disse que quem nunca pensou em suicídio, nunca foi adolescente

juh disse...

OMG até o Exu é flamenguista! =O

Punkiee disse...

gostaria q vocês, do blog, casos sobrenaturais, criassem um topico explicando a faze da adolecencia e suas emoçoes, grato.

Jorge Luiz disse...

Muito, muito, muito maneiro!

La Folle disse...

Hmm... Pensar que o corpo humano é tão frágil e é simples cortar a linha que nos prende a ele as vezes chega a ser tentador só por curiosidade para saber o que realmente acontece!
Mas Tenho uma definição diferente para o suicida, não minha claro, mas gosto bastante dela porque me sinto assim.
Já leu o Lobo da estepe?
Se não leu aqui vai a definição, em pedaços...
"É necessário esclarecer que não devemos considerar suicidas somente aqueles que se matam, entre estes há suicidas que chegaram a ser por mero acaso e de cuja essência do suicídio não fazem realmente parte. Entre os homens sem personalidade, sem características definidas,sem destino traçado, entre homens incapazes e amorfos, há muito que perecem pelo suicídio, sem por isso pertencerem ao tipo dos suicidas, ao passo que há muitos que devem ser considerados suicidas pela própria natureza de seu ser,os quais, talvez a maioria nunca atentaram efetivamente contra a própria vida.
O suicida ñ precisa necessariamente viver em relações particular mente intensas com a morte; isto se pode fazer sem que seja um suicida. É próprio do suicida sentir seu eu ,certo ou errado, como um germe da natureza, particularmente perigoso problemático,e daninho[...]
Acreditam que o suicídio é a forma de morte mais verossímil [...]
Muitas dessas naturezas são incapazes de cometer suicídio real porque têm uma profunda consciência do pecado que isso representa,apesar disso são considerados suicidas pois vêem a redenção na morte e não na vida,estão dispostos a entregar-se, eliminar-se a extinguir-se e voltar ao principio. O suicida pode fazer de sua debilidade uma força um escudo, uma saída de emergência constantemente aberta que lhe da forças e faz sentir a curiosidade de provar o sentimentos ate as instancias [...]"

Besta Oculta disse...

Salvarei sua alma pelo otimo post.... ficara do meu lado

Anônimo disse...

naum sou contra o suicidio, ateh pq penso nisso todos os dias em quue me levanto e olho a minha volta, entretanto uma vez que minha vida eh um presente concedido pela Deusa soh espero que ela cumpra sua promessa e me leve o quanto antes...pois ja naum tenho mais razoes para me manter aki...e a cada dia que passa fik mais dificil encontrar motivos pra prosseguir...

Anônimo disse...

Sou cristã protestante e, como você falou para comentar erros que o Goole n te audou a responder... aí vai:
o cristianismo, se for tomado como regra de fé a bíblia, não acredita que TODO suicida vai ficar com o diabão...
a Bíblia não diz em lugar nenhum que o suicídio é pecado. até o " não matarás", tão argumentados por alguns como prova de que todo suicida vai fritar na caldeira do cabrunco, não diz nada sobre o suicídio, uma vez que fala sobre tirar a vida do outro.
Seria bastante injusto se houvesse algo na bíblia contra o suicídio, afinal de contas, muito mais de 50% deles é ocasionado por doenças diversas [incluindo doenças que envolvem dor ou sofrimento intensos e patologias de ordem mental]. Em muitos dos casos a pessoa nem sabe que de fato está tirando sua própria vida.
mesmo assim, se você tiver pensando em se suicidar, não faça! sempre terá alguém que te ama e que vai sofre HORRORES se você fizer isso..

Anônimo disse...

correção teológica:

oops...fui eu quem escreveu à cima e me corrijo: não matarás SE REFERE à tirar vida!!! portanto quem comete suicídio peca.
mas mesmo assim, isso não significa um passeio eterno no bairro quente do capeta. Caso a pessoa já tenha obtido a salvação, ela vai ser perdoada disso também

Anônimo disse...

eu acho assim a pessoa q tem um problema q ela tenta resolver e nada consegui fica sofrendo pra tentar resolver isso sim é grande motivo pra dar um fim literalmente passo por problemas de saúde esses problemas eu ñ consigo resolver já tive opotunidade de dar um fim ñ dei por medo de fracassar nessa tentativa mas estou esperando a proxima vez aí já era cansei de luta e nada conquistar

Scizk Scyxk disse...

A vida nos derruba e sempre levantamos. Mas o que acontesse se quero apenas me deitar? O cego não tem culpa de não enxergar a beleza das flores.

Anônimo disse...

Ha uma pasagem biblica que afirma não cair se quer uma folha se não pela vontade de deus, então fica a pergunta; o suicidio foge a essa regla?... Não, o suicidio também depende da permisão de deus, o que justifica algumas pessoas que sobrevivem a esse ato e em alguns casos ficam multiladas... Então fica a adivertência: antes de suicidar-se pense bem se sua dor é proporcional a permisão da sua morte, pois se não for...<(?:-j LAMENTO.

Anônimo disse...

Ha uma pasagem biblica afirmando não cair se quer uma folha, se não pela vontade de Deus. Sobra a pergunta; o suicidio foge a essa regra?... Não, o suicidio também depende da permisão de deus para ser bem sucedido, justificando o fato de muitos praticantes sobreviverem a esse ato, na maioria dos casos acometidas de multilações... Vos adverto; Antes de suicidar-se pense bem se sua dor é proporcional a permisão da sua morte, pois se não for...<(?:-j LAMENTO. (msn) fernanda-dinha10@hotmail.com (melhor agora néh?)

Anônimo disse...

não acredito que um suicida é mandado diretamente para o inferno.se Deus realmente existe, acredito que se tal fato for verdade Deus não é assim um ser tão bondoso,muito pelo contrario.
o que leva um apessoa a cometer um suicídio? tenho certeza que um suicida deseja literalmente fugir da realidade, que no caso seria muitos problemas e dificuldades. creio que os pensamentos finais de um suicida seria como:não ha mais razão para viver,sera que a dor e sofrimento que sinto poderia ser pior após minha morte ?
uma pessoa deve sofrer muito para chegar a tal conclusão, não sabemos o que realmente existe após a morte apenas temos crenças,eu mesmo sou um suicida estou escrevendo esse comentario e pensando no que acontecera comigo após minha morte.
tudo que penso é não sou uma má pessoa nunca fiz mal a ninguém sempre fui um bom filho como poderia ir para o inferno ?
estou cansado da minha vida, não tenho escolhas, tenho tantos problemas tudo que eu queria era tempo pra poder pensar mas nem isso tenho, tenho 19 anos, de classe media baixa, meu pai não ajuda muito tenho que trabalhar deis dos 12 anos, já vi cenas que uma criança nunca devera ver, ja passei muitas necessidades e dificuldades, meu pai me batia muito quando era criança, minha mãe simplesmente sumiu desde que tinha uns 5 anos, ja morei em casa que não tinha banheiro nem pia, ja tive que morar de favor e etc.
não sei se sou culpado por ser uma pessoa triste que não consegue ser feliz, na verdade muito provavel, o que posso fazer se não gosto da minha propia aparência, o que posso fazer se perdi o amor pelos meus pais, o que posso fazer se perdi a fé em deus.
ao longo do tempo me tornei uma pessoa antisocial, não consegui terminar a 7ª série por isso, tambem ja perdi empregos por isso,mal consigo sair de casa para ir ao mercado.
queria passar um tempo em casa queria pedir ajuda ao meu pai seu que estou doente, mas nem sequer posso ficar sem trabalhar pois eu pago o aluguel, e ajudo na conta de luz.
e alem do mais meu pai não é nem um pouco carinhoso se dissesse a ele que preciso de ajuda provavelmente ele diria que estou de frescura ou coisa assim.
como pode tenho apenas 19 anos mas me sinto tão cansado, como se eu carregasse uma cruz nas costas,oque eu fiz para me sentir tão mal, porque tenho que sofrer tanto ?
sei que existe pessoa que estão piores do que eu, mas no fim das contas sofrimento é uma unica palavra então todos sofremos da mesma forma por ocasiões diferentes .
sei que a minha vida não vale muita coisa, não tenho amigos,não tenho dinheiro, não tenho felicidade e nem sequer tenho fé.
não queria estar onde estou não queria nem sequer pensar em se suicidar, mas então o que eu deveria fazer ?
Rodrigo Martinelli Oliveira dos Santos
07/03/1993 a 29/05/2012

Anônimo disse...

O que seria "fugir dos problemas"? Acho engraçado ver as pessoas falando disso com tanta propriedade, parece até que inventou a vida. Por acaso somos escravos desse "The Sims Cósmico"? Eu deveria sonhar e querer ser o cara mais rico da Terra? Eu deveria salvar os humanos com a minha visão elevada? Eu vou evoluir e um dia virar uma Avatar e ter meu próprio planeta, e meus próprios humanos? Não quero nada disso.... Todo mundo acha que o cara tentou se matar pq é frustrado profissionalmente, amorosamente, financeiramente e etc. Mas isso tudo que a maioria chama de "viver", só serve para te deixar alienado, iludido, para manter vivo o "The Sims Cósmico". O planeta Terra é o maior e mais belo presídio que eu já vivi...A gravidade é a bola de ferro. Eu não quero ser pai, ter filhos. Eu não quero perpetuar a raça humana. Não quero ser o mais rico do mundo, não quero ter objetos materiais para me sentir vivo. Eu só quero voltar pra casa, me convença a ficar e não me matar. Você terá que ser muito, muito bom. A vida é uma grande farsa.

Anônimo disse...

E tem mais, qual a diferença entre se "matar a vista" e se "matar parcelado no carnê das casas bahia"? Quer dizer que "Deus" não gosta de pagamento a vista? Fala sério.... Tá todo mundo alienado nesse planeta presídio, escravo desse "the sims cósmico". Vão morrer e voltar aqui nesse planeta umas 1000 vezes, e farão igual aquele povo que todo ano viaja e pega o mesmo transito nas estradas, e que todo ano comemora o mesmo feriado e etc etc

Anônimo disse...

achei mto bom... adorei

Anônimo disse...

A nossa vida é insignificante. A vida é muito ingrata demais. Só percebemos isso quando perdemos nosso pai ou nossa mãe. Eu perdi meu melhor amigo, meu pai. A minha vida desde então tem se tornado um verdadeiro inferno astral. Perdi a vontade de viver, não tenho mais gosto pela vida. Só penso em dormir, dormir. Eu só não me suicidei ainda, porquê tenho minha mãe para cuidar. Se não fosse por isso, já teria dado cabo da minha vida. Eu e ninguém somos obrigados a viver confinado nesse jogo estúpido que é a vida. Pra que temos que trabalhar tanto na nossa vida, nos matarmos de trabalhar se vamos morrer um dia e não iremos mais usufruir disso? A única vantagem é poder ter um plano de saúde mais ou menos para trazer um pouco mais de conforto no seu final. Eu acho que os cientistas que chegaram a conclusão de que vivemos em uma realidade virtual é a teoria mais próxima da verdade, do que realmente é quem criou o universo e a vida humana. Quem nos criou provavelmente seja um ser de outra dimensão, algum tirano, um ditadorzinho mimado, covarde e sádico que adora nos ver sofrer. Se ele não quisesse nos ver sofrer tanto com a dor da perda, não teria nos dado sentimentos como amor, afeto, carinho e saudades. Ele nos criou para que sofrêssemos demais, demais e demais. DEUS ODEIA A TODOS NÓS. ELE ESTÁ SE LIXANDO PARA VOCÊ ESPÍRITA IDIOTA QUE ANDA COM O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO FALANDO DAQUELE IDIOTA DE JESUS CRISTO. EU ODEIO TODAS AS RELIGIÕES, EU ODEIO PADRES, PASTORES, E A VIRGEM MARIA, QUE DE VIRGEM NÃO TINHA NADA, ERA SÓ UMA PUTINHA FOGOSA QUE DAVA PARA TODO MUNDO, E PARA NÃO MORRER APEDREJADA INVENTOU QUE FICOU GRÁVIDA DE UM SER "DIVINO" E AINDA ARRUMOU UM TROUXA PARA SUSTENTÁ-LA(JOSÉ CARPINTEIRO, O PADRASTO DO VAGABUNDO E CHARLATÃO JESUS CRISTO DE NAZARÉ, LIXO HUMANO)

Anônimo disse...

INFELIZMENTE O HOMEM NUNCA CONSEGUIRÁ DESCOBRIR QUEM CRIOU A NOSSA INSIGNIFICANTE VIDA E O UNIVERSO. CONTINUAREMOS A PERECER NO INFERNO DA TERRA PARA SEMPRE. É COMO SE FOSSE UM LABIRINTO AONDE NÃO EXISTE SAÍDA. ESTAMOS PRESOS DENTRO DE UM JOGO DE COMPUTADOR, UMA ESPÉCIE DE THE SIMS COM PERSONAGENS HUMANOS QUE SENTEM DOR, TRISTEZA E SOFRIMENTO. NÓS SÓ PERCEBEMOS O QUANTO A VIDA É AMARGA, QUANDO UM ENTE QUERIDO NOSSO MORRE. ATÉ ENTÃO, ACHAMOS A VIDA AGRADÁVEL E PACATA. NADA DISSO, A VIDA É HORRÍVEL, TRISTE, BRUTAL, DESNECESSÁRIA E INJUSTA DEMAIS. SE BEM QUE SE NÃO EXISTISSE A MORTE, TUDO SERIA MARAVILHOSO, E NÃO TERIA O MENOR CABIMENTO, QUESTIONARMOS DE ONDE VIEMOS E QUEM NOS CRIOU. E O SER HUMANO JÁ POSSUI O CORPO FRÁGIL JUSTAMENTE PARA MORRER. SE FOSSEMOS CRIADOS PARA SER ETERNOS, NOSSO CORPO SERIA DE METAL E NÃO DE CARNE E OSSO. A PIOR COISA QUE ESSE SER NOS DEU, FOI O SENTIMENTO DA DOR DA PERDA. SE ELE QUER NOS MATAR O TEMPO TODO, PORQUE NOS DEU ESSE SENTIMENTO QUE NOS MATA AOS POUCOS? TERIA SIDO MAIS FÁCIL ELE NOS FAZER ROBÔS SEM SENTIMENTOS NENHUM. EU ODEIO DEUS, PORQUÊ SEI QUE ALGUÉM CRIOU ESSE MUNDO HORRÍVEL E DESUMANO. NÃO É POSSÍVEL QUE O UNIVERSO TENHA SE CRIADO A PARTIR DO NADA, MESMO PORQUÊ, O NADA JÁ É ALGUMA COISA. O QUE ME REVOLTA, É VER CRISTÃOS CONSERVADORES E FUNDAMENTALISTAS PERSEGUINDO HOMOSSEXUAIS COMO SE ISSO FOSSE ALGUM PECADO. PECADO É O QUE ESSE SER "MARAVILHOSO" CHAMADO DEUS FAZ COM NÓS POBRES SERES HUMANOS MORTAIS. ELE SIM DEVERIA SER O PRIMEIRO A EVOLUIR ESPIRITUALMENTE,PARA APRENDER A NOS RESPEITAR. NÃO É PORQUÊ ELE NOS CRIOU, QUE NÓS SOMOS OBRIGADOS A SOFRER TANTO EM NOSSAS VIDAS INÚTEIS E TOTALMENTE SEM SENTIDO NENHUM. A VIDA É UM ETERNO SOFRIMENTO SEM FIM, QUE NUNCA IRÁ ACABAR. MALDITO SEJA DEUS E TODA A SUA ARROGÂNCIA. DEUS, VAI TOMAR NO CU SEU MENINO MIMADINHO E PREPOTENTE.

Anônimo disse...

Eu vou provocar polêmica. EU SOU TOTALMENTE A FAVOR DO SUICÍDIO. Eu acho a vida humana algo totalmente sem sentido e sem fundamento. Deus nos odeia e só nos criou para sofrermos. Então para que continuar a viver uma vida ridícula e sofrida que nem no meu caso agora?? MORTE, VENHA ME VISITAR. QUERO ABANDONAR ESSA CARCAÇA SOFRIDA, TRISTE E AMARGA.

Anônimo disse...

Se Deus realmente fosse bom, não aconteceria tantas tragédias na nossa vida. A morte de uma pessoa, por mais que ela morra super velha, com mais de 100 anos, com seus 120, é algo absurdo, brutal e injusto. DEUS NÃO NOS CRIOU PARA SERMOS PLENAMENTE FELIZES, ELE NOS CRIOU PARA SOFRERMOS. EU ACHO QUE ESSA FALTA D'ÁGUA NO MUNDO É PURA INVEJA DESSE LIXO, AFINAL NÓS HUMANOS CRIAMOS TANTAS TECNOLOGIAS E ELE É UM INFELIZ, UM SER PEQUENO, APESAR DE TODO SEU PODER. DEUS É UM LIXO. TEM CRENTE E ESPÍRITA QUE ME DEIXAM COM RAIVA. AS VEZES, UM PARENTE DELES MORRE COM CÂNCER E ELES CONTINUAM DIZENDO QUE DEUS É "LINDO E MARAVILHOSO". A VIDA É AMARGA DEMAIS DA CONTA. VIVER É INÚTIL. NÃO EXISTE SENTIDO NENHUM NA NOSSA VIDA. HOJE ESTAMOS AQUI, AMANHÃ TALVEZ NÃO ESTAREMOS MAIS. PORQUÊ VOCÊ TEM TANTO ÓDIO DE NÓS DEUS? O QUE NÓS FIZEMOS PRA VC??

Yãuri Vlogs disse...

O cristianismo nāo condena o suicida diretamente pro inferno nāo... alguns pastores evangelicos consideram que esses possam ser salvos dependendo do motivo e o catolicismo da Igreja Católica diz que nāo se pode desesperar da salvaçāo deles