quinta-feira, janeiro 07, 2010

Quando a Magia acaba!



Ca estou eu mais uma vez , filosofando sobre a forma com que encaramos a vida.

Durante nossas pesquisas no mundo sobrenatural sempre encontramos os fiéis fervorosos e os críticos ferrenhos. No fim a pergunta é sempre a mesma: Quem tem razão?

Os fiéis buscam o inexplicável e os céticos o explicável. Mas quando todos estão corretos sobre o mesmo assunto? Difícil?

Vamos a uma pequena historinha.

Lá estou eu com uma varinha de condão de brinquedo roubada de um garotinho fã de Harry Potter. Sem ter o que fazer de melhor eu pego a varinha, faço alguns movimentos e digo "palavras mágicas" inventadas na hora...Algo como Bladracatraba!!

Eis que, do nada, o vaso que estava em cima da mesa, cai no chão. Vamos supor que não existiu nenhum outro fator externo (vento vindo de alguma janela ou porta, terremoto) que pudesse fazer o vaso cair.

Eu tomo um susto, obviamente. Claro que deve ter sido o vento...Então, num ato de curiosidade nerd eu resolvo repetir os movimentos da varinha e repetir a louca palavra mágica.

Outro vaso cai da mesa...

Caramba! Duas coisas me passam pela cabeça:

1- Minha esposa vai me matar por ter quebrado os vasos!

2- Eu sou o próprio Merlin!!!

Então eu faço o lógico. Depois de confirmar diversas vezes que não foi coincidência e derrubar vasos e mais vasos, eu começo a divulgar que tenho poderes mágicos.

Tá bom...A única coisa que eu consigo fazer é derrubar um vaso de uma mesa... Mas já é um começo.

Todos ficam espantados e fico conhecido internacionalmente como "Mr. Claudio Gaspari - O mágico derrubador de vasos!"

Minha fama me leva ao topo do mundo e eu crio minha própria escola de magia! Eu ensino vários aprendizes a derrubar seus próprios vasos com meus movimentos e palavra mágica.

É quando a coisa começa...Vários críticos invejosos começam a questionar meus poderes maravilhosos e iniciam pesquisas para saber a origem do meu "poder".

Então um cientista descobre tudo! Depois de anos de testes laboratoriais ele desvenda o que realmente acontece:

O movimento que eu faço na varinha cria um suave vórtice de vento enquanto a vibração sonora produzida pela palavra mágica faz com que esse tal vórtice de vento se dirija até o vaso provocando o deslocamento!

Pronto!!! Está explicado. Não havia mágica e sim apenas física!

A divulgação dessa explicação me joga na miséria...Eu sou acusado de charlatanismo e vários processos judiciais detonam minha conta bancária...É o fim do "Derrubador de vasos".


Depois dessa historinha eu lhes pergunto: O fato de eu entender como acontece, elimina o status de magia?

A magia só é magia enquanto está inexplicada?

Antigamente se achava que a Terra era quadrada. É obvio! Se ela fosse redonda a água dos mares ia derramar...E quem estivesse do lado ou embaixo iria cair. Como as águas não derramavam e nem as pessoas caiam...A Terra é quadrada!

Então se descobre que a Terra é redonda. Mas como? Então existe alguma magia que prende as águas e as pessoas na Terra mesmo se estivermos embaixo!

Alguns atribuiram ao poder divino!

Mas outros estraga prazeres decifraram a lógica da coisa e deram a essa magia divina o nome de "gravidade"!

Mas o fato de darmos nome a uma força, elimina a divindade da coisa?

Assim foi com quase tudo o que existe. Para um índio primitivo, uma foto de uma pessoa é uma magia que aprisiona a alma. Para o fotógrafo, é apenas um processo físico- químico. Magia pra um , ciência pra outro. Quem tem a razão?

Se trouxermos numa máquina do tempo um homem dos tempos de Cristo e lhe apresentarmos um rádio, ele com certeza vai pensar: "Como cabe um grupo musical dentro dessa caixinha?"

Hoje é comum ver imagens de outras pessoas dentro de uma caixa...Mas caramba! Se a televisão não é magia, eu não sei mais o que é!

Novamente: Magia pra um e ciência pra outro.

Um cara que adorava brincar com esses conceitos era Tesla, um dos maiores gênios que já passaram por esse planeta. Todas as suas apresentações científicas tinham um "quê" de teatro mágico. Suas palestras normalmente eram em salas infestadas por raios.




Vejam uma aplicação da física de Tesla e me digam que não é magia!






Acho que já deixei claro o que eu quero que reflitam:

"Quando a magia acaba?"

6 comentários:

Marcos disse...

A magia acaba quando chega o Mister M!

master_e2 disse...

Sempre a ciência será encarada como magia no começo...

L.M. disse...

Ok, tive um ataque de risos com:

"Caramba! Duas coisas me passam pela cabeça:

1- Minha esposa vai me matar por ter quebrado os vasos!

2- Eu sou o próprio Merlin!!!"

Parabéns! HAHAHA

D!cN!x disse...

Dá pra fazer um filme...
O mestre do vasos kkkkk

InfinityX disse...

se o caso for esse xD a ciencia em si é uma mágia, por no mundo da fisica pouca coisa realmente foi provada ...
por exemplo, a própria gravidade que vc citou não tem explicação, é dito que os gravitons é que realizam essa força mas ninguem sabe exatamente como isso funciona.
uma das ultimas noticias que apareceram no mundo da fisica foi relacionado ao tamanh do proton, que parece ter "encolhido" XD e com essa falha em uma contatante, uma das maiores e mais importantes leis da fisica agora também está tendo sua veracidade sendo posta em duvida XD
[vide link :http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=tamanho-proton-eletrodinamica-quantica&id=010815100708]

ciencia e magia é relativo, depende apenas de como a pessoa nomeia os eventos que acontecem na natureza.

Anônimo disse...

muito legal.